Tipos de perfil de utilizador

No Balcão dos Fundos existem diferentes tipos de perfis de utilizador, aos quais correspondem diferentes permissões para o utilizar em nome de uma entidade. Neste artigo explicamos para que serve cada tipo de perfil.

Para o Balcão dos Fundos, a “entidade” é a pessoa (pessoa singular com NIF) ou organização (pessoa coletiva com NIPC) que se vai candidatar aos fundos. É este o termo que usa para se referir a ela, tanto nas comunicações (emails e mensagens enviadas através do suporte) como no site (nos menus, campos a preencher e informação apresentada).

 

As entidades (pessoas ou organizações) que se registam no Balcão dos Fundos têm o perfil de beneficiário. Todos os outros tipos de perfis de utilizador:

Para definir o que é que um utilizador pode fazer em nome da entidade, ela atribui-lhe um dos seguintes perfis.

 

Beneficiário

As entidades – pessoas singulares (com NIF) ou pessoas coletivas (com NIPC) – que se registem no Balcão dos Fundos ficam automaticamente com o perfil de Beneficiário.

O beneficiário pode:

  • aceder aos seus dados e alterá-los
  • definir quem são os utilizadores que usam o Balcão dos Fundos e quais as suas permissões
  • iniciar e preencher candidaturas
  • iniciar e preencher pedidos relacionados com as operações.

Se a entidade for uma pessoa coletiva, o seu registo é feito com um NIPC e o perfil de beneficiário fica associado a esse NIPC. Nesses casos, o utilizador com o perfil beneficiário (NIPC) tem de associar à entidade um utilizador com perfil de super-utilizador (NIF individual) para que seja este a introduzir no Balcão dos Fundos informação em nome da entidade. O perfil de super-utilizador deve ser atribuído ao representante legal da entidade.

Se a entidade for uma pessoa singular, o seu registo é feito com um NIF e o perfil de beneficiário fica associado a esse NIF. Nesses casos, a entidade não precisa de associar um utilizador com perfil de super-utilizador.

Super-utilizador

Com este perfil, o utilizador pode aceder aos dados da entidade a que estiver associado e gerir as suas candidaturas. Tem permissões para editar os dados sobre a entidade e desempenha a maior parte das tarefas relacionadas com a utilização do Balcão dos Fundos em nome da entidade.

O super-utilizador pode:

  • gerir utilizadores
  • iniciar, preencher e submeter candidaturas
  • iniciar, preencher e submeter pedidos relacionados com as operações
  • assinar termos de aceitação de apoios.

Este perfil só pode ser atribuído pela própria entidade beneficiária, através do seu acesso no Balcão dos Fundos.

Técnico interno

Este perfil destina-se a trabalhadores da entidade (seja ela uma pessoa coletiva ou singular). Com este perfil, o utilizador pode:

  • criar, preencher e alterar candidaturas criadas por si, ou às quais lhe foi dado acesso,
  • preencher e alterar pedidos relacionados com as operações.

O perfil de técnico interno pode ser atribuído pelo beneficiário (a entidade) ou pelo super-utilizador a qualquer pessoa individual (com NIF). Este perfil não consegue submeter candidaturas.

Técnico externo

Este perfil destina-se a colaboradores externos da entidade. Por exemplo, uma consultora ou um consultor, revisores oficiais de contas (ROC) e contabilistas certificados (CC).

Com este perfil, o utilizador pode:

  • criar, preencher e alterar candidaturas criadas por si, ou às quais lhe foi dado acesso,
  • preencher e alterar pedidos relacionados com as operações.

O técnico externo não consegue submeter candidaturas.

Consulta

Com este perfil, o utilizador apenas pode aceder à informação da entidade beneficiária, não pode fazer alterações.

Este perfil pode ser atribuído pelo beneficiário (a entidade) ou pelo super-utilizador a qualquer pessoa individual (com NIF).

Perfis de utilizadores afetos a unidades organizacionais

Para utilizadores afetos a unidades organizacionais (entidades apenas com autonomia administrativa que são dependentes de outra entidade, e por isso não podem ter registo próprio no Balcão), como, por exemplo, os utilizadores/técnicos dos diferentes Centros de Emprego do IEFP, existem os seguintes perfis:

  • Administrador unidade organizacional
  • Super-utilizador unidade organizacional
  • Técnico interno unidade organizacional
  • Técnico externo unidade organizacional
  • Consulta organizacional.

Dar ou retirar acesso a candidaturas específicas

Quando um utilizador é associado a uma entidade, tem acesso a toda a informação sobre todas as candidaturas dessa entidade. No entanto, a entidade pode optar por definir a que operações em concreto é que um utilizador pode ter acesso. Para saber como, consulte o artigo Gerir permissões de acesso dos utilizadores às operações

Outros temas de ajuda

O que é o Balcão dos Fundos